sábado, 1 de maio de 2010

Antiguidades exigem bons profissionais.

Tenho já algum tempo, um jogo Luís XV, composto de seis cadeiras, mesa, sofá e poltronas. O comprei e guardei na edícula até que tivesse dinheiro necessário para reformar as peças. Elas eram na cor palha com folheação à ouro nos detalhes.

(fotografado na residência aonde o comprei)

Por esses dias, contratei o marceneiro para que pudesse pintar as peças. Não precisaria mexer na parte de marcenaria pq as peças estavam impecáveis... Mas, era importante retirar toda a pintura antiga e principalemnet a folheação à ouro(por conta da oxidação) antes de fazer a laqueação em branco.

(fotografado aqui na edícula, é o sofá vermelho atrás da cadeira)

Só que o dito "profissional", que havia me cobrado um valor para retirar toda a pintura antes de efetuar a laqueação, apenas passou bombril na peça, não dando assim o acabamento combinado. Quando vc não retira a laqueação anterior de uma peça, a "laqueação" feita por cima dela fica grosseira - parecendo pintura feita em casa(se bem que a minha pintura é muito melhor que a "laqueação" dele). E não apenas isso, o ouro que estava na peça oxida e deixa a nova "laqueação" em branco amarelada. Pois bem, agora o dito "profissional" quer mais dinheiro para retirar toda laqueação que ele fez e assim re-tirar a laqueação anterior(que ele já havia cobrado e não fez) para fazer uma nova laqueação novamente. Ahn? É o não é para ficar com dor de cabeça?

(as cadeiras, fotografadas na edícula)

Pois bem! Pedi para que ele arrumasse a pintura sem que nada a mais me fosse cobrado e, após uma pequena "conversa", ele me pediu o prazo de mais uma semana para deixar as peças a meu agrado. Porém a pintura não será toda retirada. Será que vai ficar do meu agrado? Não sei não! Isso está me cheirando a prejuízo, mesmo! Enquanto não resolvo a questão da minha dor de cabeça, vou me inspirando nas cadeiras de Cláudia de Falco:



Antiguidades exigem bons profissionais, uma lição que não vou mais esquecer!

4 comentários:

  1. Oi Ge, acho que nesse caso deveria haver um contrato com clasuras e tudo mais(Rsrrsr), o unico jeito de não ter dor de cabeça.Pois o dito cujo assim faria bem seu serviço.Uma pena que ele estragou as peças, dever ter doido o coração.Bjos

    ResponderExcluir
  2. Não entendo pq esse povo não trabalha direito.
    Aqui em casa tem um armário de roupas do meu namorado de qndo ele era solteiro e morava com o pai, como temos um guarda-roupa nosso, decidi transformar esse velho em um armário pra louças, chamei um marceneiro ( que por sinal é marido da minha prima), ele veio, fez o orçamento, ficou de vir no sábado seguinte e até hj nada! Isso já tem quase 1 mês.
    Já disse pro meu namorado que eu mesma vou fazer tudo sozinha.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  3. Que chato!! Quando resolver o problema nos conta!! Essa última está show de bola!

    ResponderExcluir
  4. Executo seu projeto ou desenvolvo sua idéia nas áreas de restaurações, pinturas especiais, reformas e criações. Trabalhamos com artesãos competentes em todas as áreas da arte plástica. Deixamos seu ambiente ou sua peça com a cara que vc sempre quis ou com a exclusividade que só nós poderiamos proporcionar, em cima do seu projeto ou a partir de nossa criação. Brasil Restauros e Cia - 55 - 11 - 82694937 - Paulinho

    ResponderExcluir