domingo, 13 de fevereiro de 2011

Foi dada a largada...

Sábado, dia de campeonato...

Lucas estreou: começou a trilhar o caminho para a realização de seu sonho. Desde muito pequeno é apaixonado por carros e sempre desejou ser piloto. Era do tipo que acordava no meio da madrugada apenas para assistir as corridas de Fórmula1. E isso, com apenas 3 aninhos de idade. Sempre lhe foi certo o sonho de ser piloto... O que nunca foi "certo" é nossa condição financeira para patrocinar tal sonho. É um esporte custoso! Muito custoso! Sabendo disso, um dia, chegou a nós e disse que se não fosse piloto "seria um mecânico feliz". O que nos deixou confiantes quanto ao seu preparo psicologico, deixamos os problema$ de lado e acreditamos no sonho dele, corremos atrás: carro, preparador, mecânicos, campeonato. Sem abandonar a realidade e sem grandes prentenções, não desejei posições, desejei que ele completasse a prova. Largou na 15º posição.

Largada, ultrapassou um, dois, três, o quarto freiou, e Lucas voo por cima do carro e do piloto, que queria ultrapassar. Bateu feio, rodou, parou na grama, danificou o carro e voltou a pista em último, 17º, terminando a corrida  em 14º.

Ele, não estipulou até onde poderia chegar. Quando questionado, qual posição pretendia, respondia: "vou fazer o meu melhor...". Eu, sempre orgulhosa de sua resposta, por demostrar que mesmo sonhando não se perdia em fantasias, compreendia que essa é era sua linha de chegada: fazer sempre o seu melhor. ...

No box, toda a família reunida, avós, avô, tios, tias, primos e primas, marido, Le e eu aplaudimos e o parabenizamos. Sim, parabéns pela 14º posição. Pelo esforço, pela garra e pela vontade que o conduziu até aquele momento que para ele, para todos nós, foi muito especial. Foi nossa vitória particular.


Observando toda a família torcendo e vivenciando o mesmo momento de sonho, foi impossível não me emocionar com a lembrança do nascimento do Lucas e com o texto "Torcida da sua VIDA" . Um lindo texto, cujo os trechos destacados me tocam.

"E, daí pra frente, você entendeu que a vida é uma grande torcida. Porque, mesmo antes do seu filho nascer, já tinha muita gente torcendo por ele. 

Mesmo com toda essa torcida, pode ser que você ainda não tenha conquistado algumas coisas. Mas muita gente ainda torce por você!"


TORCIDA DA SUA VIDA
(Para meus filhos)



Mesmo antes de nascer, já tinha alguém torcendo por você. Tinha gente que torcia para você ser menino. Outros torciam para você ser menina. Torciam para você puxar a beleza da mãe, o bom humor do pai. Estavam torcendo para você nascer perfeito. Daí continuaram torcendo...

Torceram pelo seu primeiro sorriso, pela primeira palavra, pelo primeiro passo. O seu primeiro dia de escola foi a maior torcida. E o primeiro gol, então? E, de tanto torcerem por você, você aprendeu a torcer. Começou a torcer para ganhar muitos presentes e flagrar Papai Noel. Torcia o nariz para o quiabo e a escarola. Mas torcia por hambúrguer e refrigerante. Começou a torcer até para um time.

Provavelmente, nesse dia, você descobriu que tem gente que torce diferente de você. Seus pais torciam para você comer de boca fechada, tomar banho, escovar os dentes, estudar inglês e piano. Eles só estavam torcendo para você ser uma pessoa bacana.

Seus amigos torciam para você usar brinco, cabular aula, falar palavrão. Eles também estavam torcendo para você ser bacana. Nessas horas, você só torcia para não ter nascido. E por não saber pelo que você torcia, torcia torcido. Torceu para seus irmãos se ferrarem, torceu para o mundo explodir. E quando os hormônios começaram a torcer, torceu pelo primeiro beijo, pelo primeiro amasso.

Depois começou a torcer pela sua liberdade. Torcia para viajar com a turma, ficar até tarde na rua. Sua mãe só torcia para você chegar vivo em casa. Passou a torcer o nariz para as roupas da sua irmã, para as idéias dos professores e para qualquer opinião dos seus pais. Todo mundo queria era torcer o seu pescoço.

Foi quando até você começou a torcer pelo seu futuro. Torceu para ser médico, músico, advogado... Na dúvida, torceu para ser físico nuclear ou jogador de futebol. Seus pais torciam para passar logo essa fase. No dia do vestibular, uma grande torcida se formou. Pais, avós, vizinhos, namoradas e todos os santos torceram por você.

Na faculdade, então, era torcida pra todo lado. Para a direita, esquerda, contra a corrupção, a fome na Albânia e o preço da coxinha na cantina. E, de torcida em torcida, um dia teve um torcicolo de tanto olhar para ela;... Primeiro, torceu para ela não ter outro. Torceu para ela não te achar muito baixo, muito alto, muito gordo, muito magro. Descobriu que ela torcia igual a você.

E de repente vocês estavam torcendo para não acordar desse sonho. Torceram para ganhar a geladeira, o microondas e a grana para a viagem de lua-de-mel. E, daí pra frente, você entendeu que a vida é uma grande torcida. Porque, mesmo antes do seu filho nascer, já tinha muita gente torcendo por ele.

Mesmo com toda essa torcida, pode ser que você ainda não tenha conquistado algumas coisas. Mas muita gente ainda torce por você!

"Se procurar bem você acaba encontrando... Não a explicação (duvidosa), mas a poesia (inexplicável) da vida.“ Carlos Drummond de Andrade


Update: Assistindo o vídeo com a Le, sentada em meu colo, e relembrando de outro momento especial que envolveu esse texto e esse vídeo. Um momento nosso. É simplesmente mágico os momentos que vivemos ao lado de nossos filhos. É mágico quando eles lembram com emoção desses momentos. Momentos que ficarão marcados por toda vida, que me presenteam com a certeza do significado da minha existência. Filhotes, AMO VOCÊS!

Um comentário:

  1. Querida,
    Vim agradecer a visita, ms já reparei que seu blog não dá para dar apenas uma espiadinha, tenho que visitá-lo com calma , olhar e me deliciar com as postagens. Me conquistou os hoteis da França. Sonho em conhecer Provençe. Meu filho Leonardo de 19 anos, faz Jornalismo na ECA ,USP. e batalha uma bolsa de estudo para o terceiro ano estudar lá na França.

    Qto ao seu filhote , que Deus o abençõe em sua carreira, que os anjos estejam sempre a postos o protegendo,que seja invísivel para os malfeitres e que tenha um caminho de luz. São palavras que digo em pensamento aos meus filhos e como mãe desejo ao seu também. bjos e volte sempre ao meu cantinho, pois já estou te seguindo.

    ResponderExcluir