sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Meus amores!


Filhos.
E lá foram eles, em breve ensaio do futuro.








Os Filhos
(Do Livro "O Profeta")

Kahlil Gibran


Uma mulher que carregava o filho nos braços disse: "Fala-nos dos filhos."
E ele falou:           


Vossos filhos não são vossos filhos. São os filhos e as filhas da ânsia da vida por si mesma. Vêm através de vós, mas não de vós. E embora vivam convosco, não vos pertencem. Podeis outorgar-lhes vosso amor, mas não vossos pensamentos, porque eles têm seus próprios pensamentos. 

 Podeis abrigar seus corpos, mas não suas almas; pois suas almas moram na mansão do amanhã, que vós não podeis visitar nem mesmo em sonho. Podeis esforçar-vos por ser como eles, mas não procureis fazê-los como vós, porque a vida não anda para trás e não se demora com os dias passados. Vós sois os arcos dos quais vossos filhos são arremessados como flechas vivas. 

O arqueiro mira o alvo na senda do infinito e vos estica com toda a sua força para que suas flechas se projetem, rápidas e para longe. Que vosso encurvamento na mão do arqueiro seja vossa alegria: pois assim como ele ama a flecha que voa, ama também o arco que permanece estável." 

4 comentários:

  1. Que Deus permaneça com eles dando Saúde e Paz!

    Que Deus permaneça com vcs dano tranquilidade.

    Saudade? Sim,existe. Mas sabemos q eles(os filhos) precisam caminhar...

    Bj em teu coração


    Ro

    ResponderExcluir
  2. oi geninha
    uma definição muito sabia.
    feliz 2013

    baci

    ResponderExcluir
  3. Bom dia Geninha.

    Deve ser muito difícil ficar longe dos filhos, ainda tão jovens. Imagino mesmo o frio q Letícia passou no Canadá, pois lá é muito + frio do q aqui onde eu moro.

    Desejo a você Geninha, e a sua família, um Feliz Ano Novo.

    ResponderExcluir
  4. QUERIDA EUGENIA SEMPRE DIGO QUE BOM QUE ELES CRESCEM, POIS SERIA MUITO CHATO VE-LOS COMO MARIONETES E TOTALMENTE DEPENDENTES DE NÓS E QUANDO NÓS NOS FORMOS O QUE QUE SERIA DELES É MUITO BOM VE-LOS CRESCER E CRIAR ASAS SÓ NOS RESTA TORCER E VER SE O QUE ENSINAMOS FOI O SUFICIENTE E SEMPRE É SE REALMENTE ENSINAMOS,BJS QUERIDA

    ResponderExcluir